Poucas pessoas sabem como escolher um colchão, e esse momento se torna ainda mais difícil com o auxílio prestado por alguns vendedores.

 

Saber como escolher um colchão não é uma tarefa tão fácil quanto parece, já que não basta escolher aquele que for mais bonito ou mais barato. Porém, existem muitos vendedores de loja que acabam por atrapalhar mais do que ajudar. 

Ofertas bombásticas, condições especiais, preços imperdíveis, alta qualidade... Esses são apenas alguns dos argumentos usados por esses profissionais, que tornam o momento de como escolher um colchão ainda mais complicado.

 

Por isso, é ideal saber como proceder nessas situações, de modo que o consumidor não seja lesado pela aquisição de um produto que não seja capaz de atender às suas necessidades e expectativas.

 

Por Que Devo Saber Como Escolher um Colchão?

 

Seu perfil influencia na escolha do colchão. Por isso, não é qualquer um que deve ser escolhido, simplesmente por ser mais bonito do que outro ou por que promete uma tecnologia revolucionária que pode curar doenças e corrigir sua postura da noite pro dia.

 

Geralmente, essas sugestões vêm por parte dos vendedores, que se empenham ao máximo para que os consumidores escolham os produtos recomendados por eles. Porém, nem sempre essa será a recomendação mais sábia.

 

É claro que não há como culpar os vendedores, já que eles estão lá exatamente para cumprir essa função: vender colchões. Porém, saber como escolher um colchão vai muito além de seguir a essas sugestões.

 

Se deixar levar totalmente pelo vendedor na escolha do colchão pode fazer com que você adquira:

 

  • Um produto de baixa qualidade, que estava com preço baixo simplesmente porque não apresenta um bom fluxo de vendas;
  • Um produto demasiadamente caro, com características que muitas vezes nem são adequadas ao seu tipo físico;
  • Um colchão de um fabricante não reconhecido, cujos produtos podem até mesmo não ter passado pelos critérios de qualidade e segurança exigidos pelos órgãos competentes;
  • Um ou mais acessórios que não são necessários para você, mas que podem elevar o preço final da compra.

 

E Então, Como Proceder na Hora de Comprar um Colchão?

 

Você pode (e deve) contar com a ajuda do vendedor, pois ele tem um bom conhecimento sobre os produtos e também pode ajudar a conseguir condições melhores para sua compra. Porém, a palavra final não deve ser dele, e sim sua.

 

É você quem sabe quais são as necessidades de seu corpo, seu peso, eventuais problemas ortopédicos e preferências que tem para dormir. Isso sim deve ser levado em compra e faz total diferença para saber como escolher um colchão.

 

Caso você não entenda muito sobre colchões e não saiba qual deles será o melhor para a sua saúde, se informe com o seu ortopedista, que passará todas as informações necessárias para que você faça a melhor aquisição possível, que dure por bastante tempo sem prejudicar a sua saúde.

 

Ao saber sobre a melhor altura, densidade do colchão, presença de molas ensacadas ou não e todas as demais características do produto, a compra ficará muito mais fácil e segura. Afinal de contas, saber como escolher um colchão  é imprescindível,  já que ele será seu companheiro durante bons anos na hora de dormir.

Escolher um colchão com selo do inMetro é fundamental para começar bem a compra de um bom produto.

 

O colchão está na lista dos produtos que precisam ser de qualidade mesmo que isso possa custar um valor maior do que você gostaria de pagar. Um colchão errado trás muitos problemas de saúde e muitas vezes, o barato pode sair caro.

 

Problemas como dores no corpo, estresse no dia a dia, falta de rendimento no trabalho, escola ou faculdade e até problemas de respiração e alergias são alguns dos que aparecem quando o colchão não é de qualidade ou quando o modelo não é adequado para a sua necessidade.

 

Escolher um colchão com selo do inMetro é uma forma de ter mais segurança e tranquilidade em relação a sua qualidade e também durabilidade. Além disso, é uma das formas de ter mais segurança em relação a sua saúde.

 

Porque escolher um colchão com selo do inMetro

 

O colchão é um objeto que precisa ser de qualidade, ao contrário pode trazer problemas sérios e algumas infelizes vezes, irreversíveis. Para ter uma qualidade de vida melhor, rendimento no dia a dia, não sentir dores no corpo e problemas de respiração, é ideal que a noite seja dormida com tranquilidade.

 

colchão com selo do inMetro é o mais indicado para pessoas que procuram todos esses benefícios em seu dia e prioriza a sua saúde como seu bem maior. Os motivos de escolher um colchão de alta qualidade são todos em relação a melhoria e estabilidade da qualidade de vida da pessoa.

 

Vantagens de um colchão com selo do inMetro

 

Os colchões que contam com o selo do inMetro são os mais confiáveis no sentido de que as informações que contém neles são reais. Por exemplo, se no colchão estiver mostrando que ele tem densidade 23, você pode confiar de olhos fechados que realmente é 23 sua densidade.

 

Outra vantagem muito importante é em relação a durabilidade do produto, pois esses que são de alta qualidade contam com uma durabilidade maior e automaticamente não será necessário trocar de colchão com tanta frequência, é onde acontece a economia.

 

Então você deve estar se perguntando “porque posso confiar de olhos fechados em um colchão com selo do inMetro?”

 

Porque antes de alegarem que ele realmente é confiável e de total qualidade, foram feitos alguns testes para que essas informações fossem comprovadas e só então esses produtos começaram a ser vendidos.

 

Testes para saber se às dimensões dos colchões que são as medidas recomendadas pelas normas estão de acordo com as solicitadas, teste de densidade para saber se a relação entre peso e volume estão corretas, teste de resiliência para saber como está a movimentação da espuma do colchão.

 

Esses são alguns de vários outros testes que fazem para saber se o produto realmente é de qualidade e se pode receber o selo do inMetro comprovando esse fato.

 

Por isso, não pense muito no financeiro no momento de escolher o melhor colchão, mas pense sim na sua qualidade de vida e também na qualidade da sua saúde que pode ser afetada caso essa escolha não seja bem feita.v

A escolha do colchão infantil ideal é muito importante para o desenvolvimento das crianças.

 

Um detalhe muito importante que os pais devem prestar atenção em relação às crianças é o cuidado no momento de escolher o colchão infantil, seja para berço ou até mesmo para a cama dos pequenos.

 

O colchão ideal para crianças é aquele que não causa alergias, problemas relacionados ao sono e nem dores no corpo. Esse último ponto é o mais importante para ser levado em conta, pois o corpo da criança ainda está em crescimento e formação, por isso, necessita de cuidados.

 

Conforme a criança cresce é preciso ser trocado o colchão, pois o corpo de um bebê, por exemplo, não é igual de uma criança maior. A densidade e firmeza do colchão devem ser adequadas para a sua idade e corpo.

 

Pensando nisso, separamos alguns pontos importantes que devem ser levados em conta no momento de escolher o colchão para a criança de acordo com a sua idade.

 

Colchões ideais para crianças de cada idade

 

Bebês

 

Existem muitos casos de bebês que sofrem com síndromes chamadas morte súbita do lactente ou broncoaspiração por conta de refluxos. Esses problemas que são considerados extremamente sérios podem ser evitados quando a escolha certa do colchão infantil é feita.

 

Os pediatras recomendam colchões confortáveis e firmes para bebês, essa escolha ajuda a impedir que o bebê sofra de problemas sérios de saúde. Os colchões que deixam o corpo do bebê uniforme são os melhores.

 

Crianças de 3 até 8 anos de idade

 

Os sinais que as crianças mais apresentam quando dormem mal são irritabilidade, não conseguem se concentrar em suas atividades, sentem muito sono e cansaço durante o dia e outros que podem ser causados por uma noite mal dormida.

 

O colchão pode ser o maior dos motivos que faz com que a criança passe por problemas desse tipo. O ideal para crianças de 3 a 8 anos de idade, é ter um colchão que seja confortável para que ela se movimente.

 

Além de ser feito de tecido que não deixa a criança com muito calor e que a deixe com a postura correta. Lembrando que, nesta idade é fundamental ter cuidado em relação ao desenvolvimento do seu corpo.

 

Os colchões mais escolhidos pelos pais e que são os melhores para essa faixa etária de idade são os que têm densidade D18 e D20 para crianças de 3 anos, e D28 para crianças até 8 anos.

 

Vale ressaltar que isso vai depender muito do peso e estrutura corporal de cada uma, por isso é essencial consultar um profissional que vende colchões oferecendo uma consultoria para que a melhor escolha seja feita.

 

 Crianças de 9 até 12 anos de idade

 

As crianças que estão entre 9 a 12 anos não têm mais o costume de dormir tanto quanto as menores que dormem durante o dia. Mesmo assim precisam de um colchão que seja ideal para o seu tipo de corpo.

 

Nessa idade ela ainda está em formação e desenvolvimento, então é muito importante consultar o médico e o profissional ideal de vendas de colchão para que ele indique o colchão infantil ideal.

Escolher o colchão ideal exige alguns cuidados, principalmente em relação ao peso da pessoa que irá utilizá-lo.

 

No momento de escolher um colchão novo é normal surgirem algumas dúvidas referente a qual modelo escolher para que supra as necessidades importantes que o corpo precisa.

 

A escolha do colchão errado pode trazer sérias consequências para a sua saúde, já que passamos muito tempo deitados durante a noite. Saber como escolher o colchão ideal para o seu tipo de corpo é essencial para que a sua qualidade de vida seja melhor.

 

Alguns pontos são importantes para levar em conta no momento de fazer essa compra. Densidade do colchão, peso da pessoa ou das pessoas que irão dormir no colchão se for de colchão de casal ou maior, problemas de saúde como alergias e dores no corpo.

 

O primeiro passo para conseguir fazer um bom investimento em um colchão e não prejudicar a sua saúde é saber e entender o seu peso e estrutura corporal. Para que você entenda essa importância com mais clareza, vamos explicar com mais detalhes.

 

Porque o seu peso interfere na escolha do seu colchão ideal

 

Quando deitamos em um colchão, é preciso que nossa coluna fique reta, ou seja, a cabeça precisa estar bem posicionada no travesseiro e o restante do corpo precisa estar aconchegado no colchão de uma forma que a coluna fique ereta quando a pessoa estiver de lado.

 

No momento que escolher o modelo do colchão, o ideal a se fazer é se pesar e ir até a loja com a informação exata o seu peso, assim os vendedores terão como te ajudar no momento da escolha através de uma tabela de densidade do colchão.

 

Outro ponto muito importante que deve ser levado em conta no momento de comprar o colchão ideal é em relação a altura da pessoa que irá dormir no colchão. Tanto essa informação, quanto a informação do peso devem ser citadas no momento da compra para que a escolha seja feita sem nenhum erro.

 

É importante ressaltar que, quando se trata de um colchão que será para duas pessoas, é preciso levar a informação do peso e da altura das duas.

O que mais interfere na escolha do colchão?

 

O peso e a altura são os primeiros detalhes que devem ser levados em conta antes de comprar o colchão ideal. Mas existem outros detalhes que são extremamente importantes que devem ser prioridades no momento da escolha do produto.

 

Procurar saber se a pessoa que irá utilizar o colchão tem algum problema na coluna, dores musculares, torcicolo, hérnias, alergia de tecidos e também de enchimentos dos colchões é importante.

 

Esses tipos de problemas afetam praticamente 100% a qualidade de vida e rendimento no dia seguinte. Então, se você não está dormindo bem, está irritado durante o dia ou com sono excessivo, pode ser culpa do uso de um colchão errado.

 

Cada pessoa tem um perfil e uma necessidade diferente, por isso é fundamental saber escolher o colchão ideal para cada tipo de pessoa.